26/10 Vereador Bento do Bem tem seu mandato cassado após julgamento na Câmara 17/07 Prefeitura recolhe cavalos abandonados nas ruas 17/07 Secretaria de Educação convida vereadores e apresenta balanço e projeções para 2018 17/07 Em dia de doação, Guaíba coleta 102 bolsas de sangue para Hemocentro 17/07 Prefeitura promove atividades especiais nas férias de julho 11/07 Secretaria de Assistência Social recebe capacitação para implantar a ID Jovem 11/07 Guaibenses aproveitam mais um fim de semana de atividades culturais 11/07 Alterações no trânsito em razão de obras da rotatória da Nestor de Moura Jardim 06/07 CAPS Álcool e Drogas tem capacidade de atendimento ampliada 04/07 Unidade móvel do Hemocentro estará em Guaíba na próxima terça-feira (4) 04/07 Saiba o que Guaíba ganha com o novo CT do Internacional 04/07 Posto da Primavera/São Jorge realiza dia extra de atendimentos 27/06 Prefeitura aprova projeto de CT do Internacional em Guaíba 27/06 Servidores e professores municipais iniciam curso de Libras 22/06 Prefeitura busca solução para evitar pontos de alagamentos 22/06 Clima de amizade marca abertura da 28ª edição dos Jogos Estudantis das Escolas Municipais 20/06 Prefeitura entrega mais de 300 itens para os Bombeiros 20/06 Prefeitura reduz fila de espera por exames de tomografia 20/06 Só Fumaça é o time campeão da Primeira Divisão de Futsal 08/06 Prefeitura de Guaíba antecipa parcela de 13º para servidores
ECB Sistemas Desenvolvimento Web
ECB Sistemas Desenvolvimento Web Publicidade
Empresarial // 09/10/2014

Engebasa entra em funcionamento no fim do mês em Guaíba

Segundo dados praticamente todos funcionários contratados são oriundos da cidade

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) divulgou que emitiu a Licença de Operação (LO) para a fábrica de torres eólicas da companhia Engebasa Mecânica e Usinagem, localizada na rodovia BR-116, em Guaíba. Conforme o prefeito do município, Henrique Tavares, a produção da empresa deve começar até o final do mês.

Segundo o Jornal do Comércio, a Fepam informou através de dados, que a empresa terá uma área construída de 18 mil metros quadrados e com 80 empregados, a planta terá capacidade produtiva máxima de oito torres de energia eólica ao mês. Mudando o perfil empregador de Guaíba, a Engebasa  contratrou praticamente todos os trabalhadores moradores da cidade. industrial. 

O investimento total  na unidade foi de aproximadamente R$ 90 milhões, valor que pode ser incrementado no futuro. 

Outra iniciativa que está sendo desenvolvida em Guaíba e dentro do setor eólico, mas que não acompanhou a velocidade do projeto da Engebasa, é a da Impsa, que pretende instalar uma planta de aerogeradores na cidade. 

Além dessas empresas, a Gefco é outra companhia que manifestou interesse por Guaíba. O prefeito revela que o grupo aguarda pela assinatura de protocolo de intenções com o governo do Estado, o que deve ocorrer neste trimestre, para acelerar o seu empreendimento. A companhia pretende implementar uma plataforma logística. Um dos focos da unidade será a movimentação de veículos, mas, antes disso, o grupo poderá executar atividades de transporte e comércio exterior que não necessitem da estrutura completa.

Fonte: Jornal do Comércio
Foto: Engebasa
URL Curta:
Comente esta notícia:
Publicidade
TV Costa Doce

Móveis catarinense
Curta o Portal no Facebook
Publicidade
Guaiba Telecom